04 agosto 2007

I may be dreaming but I feel awake...

Muitas pessoas passaram a semana me perguntando o que haveria na sexta, já que minha mensagem no MSN era, "maldita sexta-feira que não chega!"

Bem, considerando que todo sábado pela manhã tenho reunião, que terei uma outra pela tarde e que o resto do fim de semana já está boa parte preenchido com trabalho, não haveria nada de mais na sexta-feira. Aliás, minha programação básica para fins de semana têm sido, pretty much, ficar em casa mesmo.

Dessa vez resolvi sair... Sozinho, mas saí. Decisão de última hora enquanto conversava com uma amiga no MSN. Fui ver Duro de Matar 4.0, no Aldeota. Mais barato do que no Iguatemi, mais perto da minha casa.


Com o ingresso, a pipoca, a Coca-cola, a outra Coca-cola (porque a primeira acabou na fila enquanto todos esperávamos para entrar na sala após descobrirmos que o cinema havia dimensionado mal o horário das sessões por ter errado no tempo de duração do filme) e com o estacionamento, apenas R$21,00 - média do que eu gastava numa noite básica no nOise 3D, por exemplo.

Na ida e na volta, de carrinho novo, a trilha sonora que imperava no iPod era uma seleção de pancadas por Danny Tenaglia...


Meia noite em ponto estou em casa, e a noite pode ser considerada como "divertida". O medo é unicamente de ter aprendido a ser só, até porque pessoas fazem falta. E agora, o que fazer?

4 comentários:

Esdras Beleza disse...

Vá jogar Zelda.

Anônimo disse...

Eu adoraria ter ido com vc..pena q não faço seu tipo..pelo menos, é o q eu acho.

Renina disse...

Amigo, estar só não tem problema, contanto que você não se sinta sozinho. E isso, tenho certeza que nunca vai sentir. :) Muita gente gosta de tu, guabiru!

Aline disse...

Pessoas fazem muita falta.
Quando quiser ir de novo, eu vou junto, tá? :P Você já tá craque em me acordar mesmo...