22 dezembro 2008

Call me morbid, call me pale...

Fim de ano é época de todos aqueles desejos sentimentalóides e expectativas de mudanças, de promessas para tempos melhores e, principalmente, de retrospectivas. De tudo isso, fico apenas com a última parte:

TOP 5 MOMENTOS DECEPCIONANTES:
  1. Resultado do Mestrado em Direito da UFC;
  2. Dois meses "perdidos" (outubro e novembro);
  3. Meu trabalho (durante o ano quase todo);
  4. Entrevistas e seleções de emprego (durante o restante do ano);
  5. A derrota da seleção holandesa para a russa na Eurocopa.

TOP 5 MOMENTOS QUE VALERAM A PENA:
  1. Ter conhecido minha namorada;
  2. Ter conhecido outras pessoas bacanas;
  3. A Engenharia Química (enquanto deu para levá-la...);
  4. Alguns dos novos álbuns lançados (Hercules and Love Affiar, Sam Sparro, The Killers);
  5. As noites de segundas jogando Pro Evolution Soccer no Amici's.

TOP 5 PESSOAS QUE ME ENTENDERAM:
  1. O jornalista iraquiano que jogou os sapatos no George W. Bush;
  2. O programador musical das madrugadas da Oi FM;
  3. Marco Van Basten;
  4. Os clientes que aceitaram não propor mais demandas judiciais;
  5. Os garçons do Café Pagliuca.

Um comentário:

Esdras disse...

Você andou assistindo Alta Fidelidade recentemente, pelo visto. Mas eu tenho medo de fazer minha lista de tops.

Sei que a faculdade sempre vai me constar como decepção, ela tá sempre no topo da lista da decepção de 2003 pra cá.

Momentos que valeram a pena, felizmente, foram muitos... O bastante até pra bater as decepções, que não foram poucas. :)

Abração!