22 junho 2006

What if the right part of leaving turned out to be wrong?

Existe a água. E quando se a despeja com exagerada vontade em um copo, fugindo totalmente à razoabilidade, ela derrama, mas não enche o receptáculo. Sempre resta um pouco de espaço...

E isso é o que de pior pode haver: espaço para que as gotas d'água transbordem o copo, lentamente, pouco a pouco. Uma verdadeira tortura!

[no, I really can't live with that...]

4 comentários:

m. disse...

é só encher esse copo devagar, então, pra que não transborde - desgastando - nem sobre espaço. tortura? corra milhas disso.

beijos, querido. :)

lua disse...

beijim

Srta. Havaianas disse...

Gostei do seu blog,Germano.
Posso te linkar?

simaocireneu disse...

Se (1) o copo representar a vida; (2)a água, a intensidade com que a vivamos; e (3) o transbordar a morte, eu optaria pelo subitâneo.